RAID XII

by

RAID-0

Tendo dois ou mais dispositivos aproximadamente do mesmo tamanho, é possível combinar suas capacidades de armazenamento, bem como seus desempenhos, através do acesso em paralelo.

Modifique ou crie o arquivo /etc/raidtab para descrever a sua configuração. Observe o exemplo:

    raiddev /dev/md0
    raid-level 0
    nr-raid-disks 2
    persistent-superblock 1
    chunk-size 4
    device /dev/hda6
    raid-disk 0
    device /dev/hda7
    raid-disk 1

Como no modo linear, não há suporte para discos reserva. RAID-0 não oferece redundância: se um disco falhar todo o conjunto irá falhar.

Se você já possui um dispositivo de RAID existente, execute o comando para interrompê-lo e forçar a construção. Crie o dispositivo de RAID através dos comandos:

    # raidstop /dev/md0
    # mkraid --force /dev/md0
    DESTROYING the contents of /dev/md0 in 5 seconds, Ctrl-C if unsure!
     handling MD device /dev/md0
    analyzing super-block
    disk 0: /dev/hda6, 1028128kB, raid superblock at 1028032kB
    disk 1: /dev/hda7, 1028128kB, raid superblock at 1028032kB
    #

Isto irá inicializar os superblocos e iniciar o dispositivo raid. Observando o arquivo /proc/mdstat temos:

    # cat /proc/mdstat
    Personalities : [raid0]
    read_ahead 1024 sectors
    md0 : active raid0 hda7[1] hda6[0] 2056064 blocks 4k chunks
    unused devices: <none>
    #

Agora o dispositivo /dev/md0 já está pronto. Pode ser criado um sistema de arquivos e ser montado para uso.

Anúncios

Tags: , , ,

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: